BLOG

Confira abaixo as novidades da São Lucas.

Setembro Amarelo: Pandemia agrava casos de depressão

Setembro Amarelo: Pandemia agrava casos de depressão

A pandemia veio para bagunçar e porque não dizer destruir muitos sonhos. O casamento que não pode ser realizado, a festa de quinze anos que foi adiada, o show comprado com as economias... A sociedade passou e ainda passa por diversas situações desafiadoras, como a perda de empregos, falência de empresas, isolamento social, aumento do estresse, falta de perspectivas, luto, incertezas e medo. 

Tudo isso contribuiu de forma significativa para o aumento de casos de depressão e ansiedade, e para piora daqueles que já conviviam com esse tipo de doença. 

Um estudo feito pelo Instituto de Psicologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), demonstrou que os casos de depressão dobraram durante a quarentena. Só durante março e abril de 2020, os caso de depressão saíram de 4,2% para 8,0%, enquanto os quadros de ansiedade tiveram um crescimento de 8,7 para 14,9. Os números pioram quando se refere adolescente e crianças, De acordo com  uma pesquisa publicada pelo JAMA Pediatrics, antes da pandemia esse grupo representava 12,9%, já com o Covid19, o número de crianças e adolescente que sofrem com depressão e ansiedade aumentou para 25,12%.

A depressão é caracterizada como uma doença psiquiátrica, no qual a pessoa sente uma sensação de vazio ou tristeza profunda, baixa auto estima, cansaço constante, perda de prazer em atividades e relações pessoais, pensamentos suicidas – por isso falamos disso durante o SETEMBRO AMARELO. Os sintomas podem ser tantos físicos como comportamentais, alguns dos mais comuns são: alterações no sono, perda de apetite, apatia, ideias frequentes e desproporcionais de culpa, falta de libido. 

Enquanto a ansiedade, é um distúrbio que causa um sentimento exagerado de medo, angústia, apreensão, nervosismo e preocupação. Alguns dos sintomas mais comuns, são: náuseas e vômitos, tontura, falta de ar, sensação de aperto no peito, irritabilidades, problemas no sono, Roer as unhas, sentir tremores e falar muito rápido, dificuldade de concentração, preocupação excessiva, entre outros. 

Em ambos os distúrbios existem tratamentos. Alguns deles podem ser feitos com uso de medicações, ao qual o médico responsável irá prescrever caso haja a necessidade. Porém, também é possível tratar com psicoterapia, no qual o paciente se consulta com psicólogos, para aprender a lidar e conviver com a doença da melhor forma possível.  

Caso você esteja sentindo qualquer sintoma, procure ajuda, depressão e ansiedade são doenças extremamente sérias e devem ser tratadas.

A São Lucas possui profissionais qualificados para cuidar da sua saúde mental, além da física! Lembre-se saúde mental é fundamental para uma boa qualidade de vida, não deixei a sua de lado!


Leia também